Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTAL DO AUTOMÓVEL


Quinta-feira, 26.04.12

APRESENTAÇÃO: Mazda CX-5. Preços para Portugal.

Chega finalmente ao mercado português o novo SUV compacto da Mazda, o CX-5. Além de um novo chassis e carroçaria, este carro estreia motor e transmissões que têm como objectivo reduzir emissões sem prejudicar a principal característica de todos os modelos da marca japonesa: o grande prazer de condução. Condicionado pelo facto de só dispor, pelo menos para já, de um motor a gasolina de 2,0 l e de um diesel 2.2 com 150 ou 175 cv, o CX-5 é pioneiro na Mazda ao assumir toda a nova filosofia de design ‘KODO – A Alma do Movimento’. Confira de seguida os preços e os pormenores mais importantes desta nova proposta que a marca quer tornar num modelo-chave de toda a gama, prevendo, a nível global, vendas na ordem das 160.000 unidades por ano.
O novo Mazda CX-5 é o primeiro da nova geração de produtos Mazda a estrear a tecnologia de concepção e de elementos identificativos de design: "KODO – A Alma do Movimento".
É igualmente o primeiro modelo a adoptar a totalidade do mais recente pacote tecnológico inerente à TECNOLOGIA SKYACTIV. Motores, transmissões, carroçaria e chassis convergem no objectivo de garantir a sustentabilidade ambiental, o prazer de condução e a segurança, tendo ainda por base a “estratégia da grama”: a Mazda prevê uma redução de pelo menos 100 kg em todos os modelos da próxima geração.
Entre novos motores e transmissões de acordo com as especificações europeias, estão uma unidade a gasolina de 2 litros e outra diesel de 2,2 litros, disponíveis com versões de potência standard ou mais elevada.
Qualquer destas motorizações apresenta uma elevada taxa de compressão para a sua máxima eficácia, sendo que o motor Diesel disponibiliza emissões de CO2 inferiores a 120g/km na versão de menor potência, tracção dianteira e transmissão manual.

A gama do novo Mazda CX-5 em Portugal compõe-se exclusivamente pelas variantes equipadas com motores diesel SKYACTIV-D, não estando disponíveis no mercado unidades a gasolina SKYACTIV-G, Adicionalmente, o bloco SKYACTIV-D ‘Standard Power’ de 150 cv só está disponível em Portugal na versão FWD.
Esta é a estrutura de preços para o mercado português:


Aspecto interior e equipamento


Com uma distância entre eixos de 2.700 mm, o interior do CX-5 proporciona um generoso volume na bagageira (503 a 1620 litros com o rebatimento dos bancos) e um espaço amplo para as pernas dos ocupantes do banco traseiro: 997 mm é, de facto, uma das maiores quotas do segmento.
A qualidade perceptível é elevada, a ergonomia e a funcionalidade foram pensadas ao pormenor e os baixos níveis de ruído ajudam a tornar qualquer passeio mais agradável.

Atrás, o CX-5 integra uma singular funcionalidade que reside no primeiro banco traseiro independente do Mundo com divisão em 4:2:4 e função ‘folddown’. Operado através das alavancas convenientemente colocadas na zona lateral do compartimento de bagagem, ou a partir do interior do carro através de botões colocados nas laterais dos bancos, as costas do assento traseiro rebatem-se na totalidade, criando um espaço virtualmente plano, para maximizar a flexibilidade. A secção central tanto serve de banco para um quinto passageiro, como de apoio de braços com espaços para copos integrados, ou ainda de base plana para o transporte de elementos mais longos. E há ainda espaço suficiente para acomodar duas cadeiras de criança ou transportar confortavelmente dois adultos.

Além da abertura ampla e praticamente sem arestas do portão de bagageira, para facilitar as operações de carga, uma avançada versão da tampa da bagageira move-se automaticamente para cima e para baixo em conjunto com a operação do portão traseiro. Pesando apenas 2kg (metade da versão empregue na Mazda6 SW), a cobertura pode remover-se com um simples toque, arrumando-se de um modo prático na sub-bagageira.



Dinâmica e motores

O novo chassis e carroçaria SKYACTIV do CX-5 conta com uma também nova solução para a suspensão da frente e formato ‘multi-link’ atrás.
Os modelos equipados com o bloco diesel SKYACTIV-D de 2,2 litros dispõem da mais baixa taxa de compressão do mundo para um motor diesel. Um eficiente turbo compressor de dupla fase proporciona uma aceleração linear e muito dinâmica, ultrapassando a dos convencionais veículos com motores diesel. Alcança também uma excelente economia de combustível, com emissões extremamente limpas.
Estão disponíveis duas variantes deste motor:
- Uma versão mais potente, capaz de desenvolver um binário máximo de 420 Nm às 2.000 rpm e uma potência máxima de 175 CV às 4.500 rpm. Somente estas disponibilizarão tracção integral (4x4).
- Uma versão base, que produz um binário máximo de 380 Nm entre as 1.800 e as 2.600 rpm e uma potência máxima de 150 CV às 4.500 rpm.
A caixa de velocidades pode ser automática ou manual de seis relações.
O bloco diesel com transmissão manual de seis velocidades e sistema i-stop consumirá apenas 4,5 litros aos 100 km (em circuito combinado), com emissões de CO2 de apenas 119 g/km.
No final do texto existem quadros que informam, com mais pormenor, as características de cada uma das versões.

Elevada segurança

A Mazda desenvolveu uma avançada tecnologia de segurança denominada "Smart City Brake Support" (SCBS), que auxilia o condutor a evitar colisões frontais a baixa velocidade. Será disponibilizado de série, na Europa, nos níveis de equipamento intermédio e superiores.
O sistema SCBS recorre a um sensor de laser montado no topo do pára-brisas, capaz de detectar um veículo ou obstáculo na frente da viatura. Em condução e a uma velocidade compreendida entre os 4 e os 30 km/h, o sistema desencadeia um processo que reduz o curso do sistema de travagem, de modo a minimizar o tempo para a operação. Se o condutor não mostrar qualquer reacção para evitar a colisão, como por exemplo, aplicar pressão no pedal do travão, o SCBS activa automaticamente os travões e reduz, em simultâneo, o débito de potência do motor. Deste modo, quando a diferença entre a velocidade do veículo e da viatura à sua frente é inferior a 30km/h, o sistema pode ajudar a evitar a colisão ou a reduzir os danos decorrentes da mesma.
Em matéria de segurança, o elevado desempenho do CX-5 é assegurado ainda pela inclusão de outros novos auxiliares à condução:
- O "Rear Vehicle Monitoring" (RVM), um sistema baseado num radar que combina um auxiliar de mudança de faixa com a monitorização de ângulos mortos.
- O "High-Beam Control" (HBC), uma solução para a condução nocturna, que alterna automaticamente entre máximos e médios consoante as condições de visibilidade ou cruzamento com outros veículos.
- O "Lane Departure Warning" (LDW), que alerta o condutor sempre que este ultrapassa acidentalmente as linhas de demarcação da faixa de rodagem sem os "piscas" accionados.

Características exteriores

Vista de frente, a nova face para a família Mazda está centrada numa nova "asa de assinatura" que expressa força e profundidade.
Do ângulo traseiro é o contraste dos proeminentes guarda-lamas traseiros e do respectivo rebordo que dominam esta secção.
Lateralmente são os guarda-lamas dianteiros proeminentes e as laterais esculpidas, uma aparência reforçada com jantes de 17 ou 19 polegadas.

Os pára-choques são construídos num novo material resinoso especialmente desenvolvido para o efeito e pesam cerca de 20% menos do que os pára-choques convencionais, mantendo contudo a mesma rigidez.
Tudo isto garante uma excelente aerodinâmica - o objectivo é de um CX de 0,33 , contribuindo para a pretensão de um habitáculo silencioso.

Estão disponíveis sete cores de carroçaria: Azul Sky (novo), Vermelho Zeal (novo), Cinza Aluminium, Branco, Preto, Branco Pérola, e Cinza Metropolitan.







Características interiores

Do lado do condutor, o painel dos mostradores tem um design longitudinal profundo e alongado que produz uma sensação de impulso. O detalhe e a elevada qualidade dos mostradores antecipa a atenção do condutor para o que está à sua frente.
Existem novos materiais mais macios no painel de instrumentos e ornamento das portas, locais tradicionalmente mais vistos e tocados.
As peças usadas com mais frequência, como os raios interiores do volante e as zonas interiores dos puxadores das portas, têm um acabamento em cromado acetinado, para acentuar a sensação de qualidade.
Um monitor de toque a cores de 5,8 polegadas surge posicionado ao centro, na parte superior do painel de instrumentos, mostrando dados relacionados com o sistema de informação e entretenimento. Incluindo as ligações telefónicas e do sistema de áudio e integrando o novo sistema de navegação TomTom®*
Quanto ao sistema HMI do novo Mazda CX-5, visa melhorar a segurança, minimizando o movimento dos olhos do condutor para longe da estrada. Comandos instalados no volante estão organizados de acordo com a sua função, enquanto o monitor de toque ao centro e os comandos do HMI estão posicionados na consola central. Com o veículo parado, o condutor pode operá-los no ecrã de toque. Durante a condução, pode operá-los a partir de um menu disponível a partir dos controlos existentes no volante, com mais segurança e facilidade. Este "layout" permite que algumas funções, especialmente as de navegação, sejam operadas intuitivamente pelo passageiro pelo comando HMI situado na zona central.
O novo sistema de navegação integrado é baseado na mais recente tecnologia TomTom® e, para maior conectividade, a ligação dos telemóveis ou leitores de MP3 pode ser feita via USB ou Bluetooth®



Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 16.09.11

APRESENTAÇÃO: Mazda CX-5 só em 2012

Depois de uma primeira apresentação no Salão de Nova Iorque (ver AQUI), Frankfurt desvenda a versão final do novo SUV compacto da Mazda. Novo chassis, carroçaria, motor e transmissões com o objectivo de reduzir as emissões, sem prejudicar a principal característica de todos os modelos da marca japonesa: o grande prazer de condução. Confira a seguir o que de mais importante já se sabe e conheça ao pormenor o interior deste novo SUV da marca japonesa que só chega aos mercados europeus com a Primavera de 2012.
Em Frankfurt a Mazda faz a estreia mundial do novo CX-5, o primeiro de uma nova geração de produtos Mazda a adoptar uma nova tecnologia de concepção e de elementos identificativos de design.
O Mazda CX-5 natém o cunho da Mazda de prazer de condução e de carácter, incluindo novos motores e transmissões. O CX-5 oferece a resposta precisa e de elevada qualidade na combinação entre o desempenho ambiental e uma segurança excepcional.
Os motores do CX-5 estão de acordo com as especificações europeias e incluem o motor a gasolina de 2 litros e 2.2 diesel, disponíveis com versões de potência standard e elevada. Cada motorização tem uma elevada taxa de compressão para uma eficácia máxima, sendo que o motor Diesel apresenta um nível de emissões de CO2 inferior a 120g/km na versão de menor potência, tracção às rodas da frente e transmissão manual.

Aspecto interior e equipamento

No interior, o CX-5 apresenta um generoso volume na bagageira e espaço para as pernas atrás – de facto, uma das maiores do segmento – uma qualidade perceptível elevada, uma funcionalidade superior e baixos níveis de ruído para um passeio mais agradável. O elevado desempenho em termos de segurança é obtido através da inclusão do ‘Rear Vehicle Monitoring’ (RVM), sistema baseado em radar que combina um auxiliar de mudança de faixa e monitorização de ângulos mortos, do ‘Smart City Brake Support’ (SCBS), sistema de radar que ajuda a prevenir ou a reduzir colisões frontais, até a uma velocidade de 30 km/h, travando automaticamente o veículo, e do ‘High-Beam Control’ (HBC), solução que em condução nocturna altera automaticamente os máximos para médios, e ainda o ‘Lane Departure Warning’ (LDW), que alerta o condutor sempre que este ultrapassa acidentalmente as linhas de demarcação da faixa de rodagem. Quando combinado com a nova e fantástica assinatura de design, que expressa um forte sentimento de vitalidade e agilidade, o novo modelo Mazda CX-5 promete estabelecer um novo padrão no segmento dos SUV compactos, quando for lançado na Europa no início de 2012.

Características exteriores

• Vista de frente: nova face para a família Mazda centrada numa nova ‘asa de assinatura’ que expressa força e profundidade.
• Vista de traseira: contraste dos proeminentes guarda-lamas traseiros e rebordo traseiro
• Vista lateral: guarda-lamas dianteiros proeminentes e as laterais esculpidas
• Excelente aerodinâmica (Objectivo de CD: 0,33) reforça um habitáculo silencioso.

Características interiores:

• No lado do condutor, nomeadamente o painel dos mostradores, tem um design longitudinal profundo e alongado, que se assemelha a um ‘cockpit’, produzindo uma sensação de impulso. O detalhe e elevada qualidade dos mostradores, eleva a antecipação do condutor para o que está à sua frente.
• No lado do passageiro, o painel de instrumentos parece amplo e sólido, com um design horizontal que gera uma sensação de segurança.
• Novos materiais mais macios são adoptados no painel de instrumentos e ornamento das portas, locais tradicionalmente mais vistos e tocados.
• As peças que são usadas com mais frequência, como os raios interiores do volante e as zonas interiores dos puxadores das portas têm um acabamento em cromado acetinado, que aumenta a sensação de elevada qualidade, genuína a todo o interior.
• Um monitor de toque a cores de 5,8 polegadas surge posicionado ao centro, na parte superior do painel de instrumentos, e mostra os dados relacionados com o sistema de ‘infotainment’, incluindo as ligações telefónicas e do sistema de áudio, e integrando o novo sistema de navegação TomTom®*
• O sistema HMI do novo Mazda CX-5 melhora a segurança, minimizando o movimento dos olhos do condutor para longe da estrada. O menu de controlo dos comandos instalados no volante são organizados de acordo com a sua função, enquanto o monitor de toque ao centro e os comandos do HMI estão posicionados na consola central. Com o veículo parado, o condutor pode operá-los no ecrã de toque. Durante a condução, pode operá-los através do menu com segurança e facilidade. Este ‘layout’ permite também que algumas funções, especialmente as de navegação, sejam operadas intuitivamente pelo passageiro pelo comando HMI situado na zona central.
• Novo sistema de navegação integrado baseado na mais recente tecnologia TomTom®
• Para uma maior conectividade, os clientes podem ligar os seus telemóveis ou leitores de MP3 via USB ou Bluetooth®

Características de habitabilidade:

• Distância entre eixos de 2.700 mm
• Espaço para as pernas atrás: 997 mm.
• 500 litros de espaço para bagagem utilizáveis (incluindo uma sub-bagageira)
• O primeiro assento traseiro independente do Mundo com divisão em 40:20:40 e com função ‘fold-down’ remota. O assento central traseiro cria um espaço de bagagem grande e plano, quando rebatido. A tampa da bagageira eleva-se automaticamente para cima e para baixo em conjunto com a operação do portão traseiro.
• Acomodando confortavelmente dois adultos, a divisão 40:20:40 do banco traseiro permite o transporte de objectos longos, rebatendo o banco central até um plano, mesmo que estejam instaladas duas cadeiras de criança nos dois bancos laterais. Os assentos traseiros podem ser rebatidos remotamente através de um simples toque nas alavancas localizadas na parte de trás da área de bagagem.

Desempenho Dinâmico:

• Novos Chassis e Carroçarias SKYACTIV da Mazda. O CX-5 conta com uma nova solução para a suspensão da frente e um formato ‘multi-link’ atrás.
• Direcção assistida eléctrica
• Os modelos equipados com o bloco diesel SKYACTIV-D de 2,2 litros contam com a mais baixa taxa de compressão do mundo para um motor diesel, de 14.0:1, bem como um altamente eficiente turbo compressor de dupla fase, que proporciona uma aceleração espirituosa e linear e uma emocionante dinâmica de condução, ultrapassando as dos convencionais veículos com motores diesel. Alcançam também uma excelente economia de combustível, com emissões extremamente limpas que vão ao encontro da norma.
Estão disponíveis duas variantes deste motor:
- Uma versão mais potente, desenvolvendo um binário máximo de 420 Nm às 2.000 rpm e uma potência máxima de 175 CV às 4.500 rpm.
- Uma versão base, que produz um binário máximo de 380 Nm entre as 1.800 e as 2.600 rpm e uma potência máxima de 150 CV às 4.500 rpm.
• Transmissões: Automática ou manual de seis velocidades.
• O bloco diesel com transmissão manual de seis velocidades e sistema i-stop consumirá apenas 4,5 litros aos 100 km (em circuito combinado), com emissões de CO2 de apenas 119 g/km.

(texto elaborado com base no documento distribuído pelo departamento de comunicação da marca)

Autoria e outros dados (tags, etc)

Terça-feira, 13.09.11

APRESENTAÇÃO: Honda Civic MY2012

Eis as primeiras imagens e características de um renovado Honda Civic, cuja apresentação mundial decorre no Salão Automóvel de Frankfurt. Alguns motores e equipamento poderão não ser comercializados em Portugal, notando-se ainda, para já, a ausência de uma motorização diesel mais condizente com as necessidades do mercado nacional. Mas está previsto que ela surja em finais de 2012 e, para a Europa, está somente prevista a comercialização de uma versão de 5 portas. Confira a seguir as imagens e mais pormenores sobre a grande aposta da marca japonesa para 2012.
Com uma dianteira mais expressiva e uma traseira mais possante, o Honda Civic rejuvenesceu mantendo a sua inconfundível silhueta lateral em cunha.
As dimensões permanecem praticamente inalteradas. Existe somente um ligeiro rebaixamento de 2 cm da carroçaria e um aumento de apenas 1 cm na largura.
É anunciado um reforço das suas - já de si boas - qualidades dinâmicas, sem prejuízo do conforto e da insonorização, área que mereceu especial atenção durante o trabalho de renovação deste modelo familiar.
Como se tem vindo a generalizar na indústria automóvel, existe iluminação diurna através de leds na zona frontal, sobre os faróis de nevoeiro.
Interiormente há sobretudo a destacar um tablier menos futurista e mais consensual do que a geração actual. Houve naturalmente um incremento da qualidade dos material e algumas correcções na funcionalidade, devido principalmente à disponibilidade de novo equipamento.
Mantém-se a apreciada modularidade do assento traseiro, muito útil quando se coloca a necessidade de transportar objectos mais elevados. De igual modo a mala poderá disponibilizar um compartimento suplementar na zona inferior do seu piso, embora isso vá depender da existência ou não de pneu suplente.
Não está ainda decidido o início da sua comercialização em Portugal, preços ou versões, embora se preveja que deva acontecer durante o primeiro trimestre de 2012.
Estes são os motores anunciados e as principais características técnicas que apresentam.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 31.08.11

Salão Automóvel de Frankfurt com novidades interessantes para o mercado nacional

Como é hábito, de dois em dois anos (alternando com o Salão de Paris), a mostra alemã assinala a rentreé do mercado automóvel com grandes novidades das principais marcas e não só. As portas ao público abrem apenas a 15 de Setembro e até lá iremos dando conta do que de mais importante estará exposto. Nomeadamente aquilo que mais interessa ao mercado português e uma delas é certamente a futura geração do tão popular Honda Civic.

Com o preço dos combustíveis a crescer a cada dia que passa, não é de estranhar a incidência nas versões híbridas e a presença de algumas novas propostas eléctricas. Igualmente os modelos que garante baixos consumos e emissões reduzidas de poluentes são as principais bandeiras de marketing dos fabricantes e isso deve-se não apenas à necessidade de cativar os consumidores "amigos do ambiente": é que na generalidade dos mercados europeus, gramas a menos nas emissões representam descontos significativos na carga fiscal dos automóveis ou trazem outras benesses para os seus proprietários.
Além do Kia Rio já AQUI anunciado, uma das grandes revelações será a futura geração do HONDA CIVIC.




Os vídeos e as fotos do familiar médio japonês têm vindo a ser reveladas ainda com camuflagem, esperando-se evoluções mecânicas deste hatchback de cinco portas, desenvolvido especificamente na Europa PARA o mercado europeu.
A avaliar pela imagem, outra das novidades pode bem ser a estrutura da zona traseira. Ainda que carroçaria utilizada nos testes possa conter elementos do Civic Coupé ou do de quatro portas, já em comercialização, destinado essencialmente ao mercado americano.
Em todo o caso, no vídeo que se segue é possível perceber alterações ao nível da arquitectura interior, nomeadamente a funcionalidade do banco traseiro, que passa a ser similar à do Honda Jazz.



Autoria e outros dados (tags, etc)


Pesquisar neste site

Pesquisar no Blog  

"Portal do Automóvel" é um meio de comunicação dirigido ao grande público, que tem como actividade principal a realização de ensaios a veículos de diferentes marcas e a divulgação de notícias sobre novos modelos ou versões. Continuamente actualizado e sem rigidez periódica, aborda temática relacionada com o automóvel ou com as novas tecnologias, numa linguagem simples, informativa e incutida de espírito de rigor e isenção.
"Portal do Automóvel" é fonte noticiosa para variadas publicações em papel ou em formato digital. Contudo, a utilização, total ou parcial, dos textos e das imagens que aqui se encontram está condicionada a autorização escrita e todos os direitos do seu uso estão reservados ao editor de "Cockpit Automóvel, conteúdos auto". A formalização do pedido de cedência de conteúdo deve ser efectuado através do email cockpit@cockpitautomovel.com ou através do formulário existente na página de contactos. Salvo casos devidamente autorizados, é sempre obrigatória a indicação da autoria e fonte das notícias com a assinatura "Rogério Lopes/cockpitautomovel.com". (VER +)