Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTAL DO AUTOMÓVEL


Segunda-feira, 14.02.11

ENSAIO: Mazda 2 1.3 MZR / 5 portas

Na altura em que completa 90 anos de existência, a marca japonesa prossegue a renovação da sua gama de viaturas ligeiras. No final de 2010 o pequeno Mazda 2 ganhou um look mais dinâmico e desportivo. Mas não só. Alterações efectuadas na suspensão optimizaram também a eficácia da sua condução.

Sejamos claros. Apesar da renovação anunciada, interessante para efeitos de marketing porque dá substância ao seu relançamento, a razão principal parece ter sido reduzir emissões e consumos, melhorando a eficiência dos motores e aumentando, com o mesmo objectivo, a fluidez aerodinâmica. Um olhar pouco atento talvez repare nas diferenças frontais ao nível da entrada de ar. Mas lateralmente elas são muito mais subtis: jantes, cavas da rodas, saias laterais e spoiler traseiro para uma versão especial “Sport Plus” ou novas cores.
Pode consultar-se AQUI o resultado do ensaio à versão anterior.
Se bem que tenha ocorrido uma melhoria significativa dos materiais utilizados no interior, e de uns mostradores com fundo negro — mais consensuais e desportivos —, aquilo que mais se destaca no habitáculo é um novo porta luvas com tampa. Este simples facto é suficiente para lhe conferir um aspecto mais adulto, mantendo-se inalterado em termos de disponibilidade de espaço. Que sobressai à frente e proporciona boa posição de condução, embora mais limitado no banco traseiro que se revela indicado para 2 ocupantes e não os 3 que estão homologados. A mala é igualmente mediana, 250 litros com pneu suplente fino, bem rentabilizada em termos de enquadramento.


Mais leve, mais económico

A melhoria das emissões e dos consumos foi também obtida através do uso de materiais mais leves. Esta geração do Mazda 2 é mais pequena e mais leve do que a anterior, poupando, com esta renovação, mais uns quilos graças ao recurso a materiais mais leves. A motor 1.3 ensaiado mantém o carácter dinâmico que corresponde ao espírito da marca, declinando-se em potências de 75 ou 84 cavalos para a versão “Sport” (comparar diferenças do motor e de prestações no fim do texto).
Em qualquer dos casos, a condução é bastante agradável. Apesar dos novos pontos de ancoragem da suspensão e do seu amortecimento ser menos macio, mantém-se o conforto de rolamento, ganhando-se ainda alguma coisa no comportamento.
Continua a fazer-se sentir o ruído do funcionamento do motor em determinados regimes, enquanto a posição do manípulo da caixa é quem melhor assegura a postura desportiva... e divertida do pequeno Mazda. Consumos médios anunciados de 5,1 litros, ponha-se cerca de mais um litro em condições normais de circulação.

Dados mais importantes
Preços (euros) desde13 200 (5P MZR 1.3 Core/75 cv)
16 100 (3P MZR 1.3 Sport/84 cv)
Motor
1349 cc, 16 V, 75/84 cv às 6000rpm, 119/121 Nm às 3500 rpm
Prestações
168/172 km/h, 14,9/12,6 seg. (0/100 km/h)
Consumos (médio/estrada/cidade)
5,1 / 4,3 / 6,4 litros
Emissões Poluentes (CO2)119 gr/km


Outros modelos Mazda recentemente ensaiados

Mazda 2 1.3 Sport (86 cv)

Mazda 2 1.3 MZR 1.3 High Tech (2010)

Mazda 2 1.4 MZ-CD (68 cv)
Mazda 2 MZR 1.5 Sport Plus (103 cv)
Mazda 3 1.6MZ-CD e MZR-CD 2.2 Sport 
Mazda 3 MPS 2.3 DISI/260 cv

Mazda 5 2.0 MZR-CD 2.0 Dynamic

Mazda 6 2.0 MZR-CD

Mazda 6 2.2 MZR CD/185 cv 
Mazda 6 2.2 MZR CD (2010)

Mazda CX-7 2.2 MZR-CD (2010) 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quarta-feira, 26.05.10

Mazda 2 1.3 MZR 1.3 High Tech (86 cv)

Boa resposta

Mais leve mas também ligeiramente mais pequeno do que o seu antecessor, o Mazda 2 contraria a tendência seguida por alguns construtores. Mas o facto de ser largo reflecte-se na habitabilidade e no conforto, enquanto que o menor peso e as linhas mais fluidas contribuem para consumos mais baixos e menores emissões poluentes.
“Parente” do Ford Fiesta, o interior do Mazda 2 foi pensado ao jeito de um pequeno monovolume, embora com funcionalidade bastante mais limitada. Aliás, a habitabilidade é conseguida com sacrifício da mala, não existindo sequer movimentação longitudinal do banco traseiro. Atrás o espaço é mais indicado para dois ocupantes.

Simplicidade

O espírito dinâmico “zoom-zoom” que anima a marca está presente na envolvência fácil da condução do Mazda 2, ainda que com algumas limitações da instrumentação oferecida. Por exemplo, não existe manómetro de temperatura do motor.
Por falar em equipamento, apesar da simplicidade e até mesmo alguma discrição do interior na conjugação das cores, as versões mais recentes passaram a disponibilizar o sistema GPS da Carmin, além de equipamento áudio com "bluetooth".
O sistema de navegação não está integrado no painel, dispondo de ventosa para colocação no vidro. O comando do “mãos-livres” foi igualmente aplicado sobre o tablier.


Despachado

Mais enérgica, a versão de 86 cv (há uma outra de 75 cv) “respira” bastante melhor acima das 2.000 rpm. Fácil de dirigir e equilibrado nas reacções, é um carro prático capaz de cativar não apenas pela bonita silhueta que ostenta, mas igualmente pelo desempenho ágil e, diria mesmo, quase desportivo que às vezes apresenta. Tudo isto ajudado pela belíssima colocação do comando da sua caixa de cinco velocidades.
Com ligeiras melhorias nos consumos e nas emissões anunciadas pelo fabricante, este motor continua a demonstrar uma boa resposta na maioria das situações de estrada ou cidade. A suspensão do Mazda 2 revela-se mais orientada para condutores mais exigentes em matéria de comportamento.


PREÇO, desde 15100 euros MOTOR, 1349 cc, 86 cv às 6000 rpm, 16 V., 122 Nm às 3500 rpm CONSUMOS, 6,9/4,2/5,2 l (cidade/estrada/misto) EMISSÕES CO2, 125 g/km

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pesquisar neste site

Pesquisar no Blog  

"Portal do Automóvel" é um meio de comunicação dirigido ao grande público, que tem como actividade principal a realização de ensaios a veículos de diferentes marcas e a divulgação de notícias sobre novos modelos ou versões. Continuamente actualizado e sem rigidez periódica, aborda temática relacionada com o automóvel ou com as novas tecnologias, numa linguagem simples, informativa e incutida de espírito de rigor e isenção.
"Portal do Automóvel" é fonte noticiosa para variadas publicações em papel ou em formato digital. Contudo, a utilização, total ou parcial, dos textos e das imagens que aqui se encontram está condicionada a autorização escrita e todos os direitos do seu uso estão reservados ao editor de "Cockpit Automóvel, conteúdos auto". A formalização do pedido de cedência de conteúdo deve ser efectuado através do email cockpit@cockpitautomovel.com ou através do formulário existente na página de contactos. Salvo casos devidamente autorizados, é sempre obrigatória a indicação da autoria e fonte das notícias com a assinatura "Rogério Lopes/cockpitautomovel.com". (VER +)