Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTAL DO AUTOMÓVEL



Segunda-feira, 15.09.14

ANÁLISE: Conheça os melhores carros segundo o estudo americano de qualidade J.D. Power 2014


- Os dois estudos foram realizados pela prestigiada JD Power, uma consultora americana de pesquisa e análise da satisfação do cliente, qualidade do produto e comportamento do comprador
- O estudo de qualidade inicial da J.D.Power (IQS) analisa os problemas relatados pelos proprietários nos primeiros 90 dias de compra do veículo. O último estudo foi divulgado em Junho de 2014
- O estudo de confiança (VDS) realizado anualmente analisa os problemas registados nos últimos 12 meses pelos proprietários de veículos com três anos. Inclui a pesquisa de 202 potenciais problemas em todas as áreas do veículo
- De ambos os estudos, a empresa conclui que a introdução de novas e mais sofisticadas tecnologias foram a fonte geradora do aumento de problemas face a estudos anteriores
- O estudo alerta também que a necessidade de redução de combustível não deve comprometer a qualidade
- Por segmento, conheça quais os modelos melhor classificados que também estão à venda na Europa (LER MAIS)






Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 07.01.13

Grupo Hyundai/Kia irá utilizar Google Maps nos seus automóveis

A construtora coreana de automóveis e a empresa tecnológica Google estabeleceram uma parceria para o uso do software de navegação “Google Maps” e “Google Places” nos próximos veículos das marcas Hyundai e Kia. Os serviços desenvolvidos pela Google integrarão os sistemas de navegação e entretenimento de novos veículos da Kia e da Hyundai e permitirão, entre outras funções, o uso de comandos de voz para realizar buscas de locais ou pontos de interesse (POI) como hotéis, restaurantes, serviços de emergência ou de assistência em viagem. O primeiro veículo a estrear a integração do sistema de entretenimento e navegação da Hyundai com o Google Maps será o Kia Sorento (MY 2014), cujo lançamento deverá ocorrer em 2013. (PROSSEGUIR PARA A NOTÍCIA COMPLETA SOBRE A PARCERIA ENTRE A GOOGLE E O GRUPO AUTOMÓVEL HYUNDAI)

Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 02.01.12

Hyundai na ACEA, Associação Europeia de Construtores Automóveis

Desde 1 de Janeiro de 2012 a Hyundai passou a fazer parte da ACEA - Associação Europeia de Construtores Automóveis -, juntando-se assim a 17 outros construtores naquela associação de fabricantes de automóveis, camiões e autocarros. Esta organização permite que os fabricantes de veículos na região participem na formação política da União Europeia automóvel e contribui na divulgação de informações da indústria para o grande público. Entre os seus membros contam-se a Volkswagen AG, a General Motors Europa, a Ford da Europa, FIAT SpA, Daimler AG e BMW AG.
A indústria automóvel na União Europeia dá emprego directo a cerca de 2,3 milhões de pessoas e os membros da ACEA comprometem-se a investir anualmente mais de 26 mil milhões de euros em pesquisa e desenvolvimento.
Com sede na Alemanha, a Hyundai Motor Europe entrou no continente europeu no final dos anos 1970. Actualmente produz o i30 de cinco portas e a station wagon na República Checa e tem uma quota de mercado de cerca de 3,1 por cento.
Chang Kyun Han, Presidente da Hyundai Motor Europe, mostrou vontade de apoiar "todos os esforços da ACEA para desenvolver acordos de comércio que melhorem substancialmente o acesso dos construtores europeus a outros mercados”.

Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Quinta-feira, 08.09.11

Apresentação: novo Hyundai i30

Com estreia mundial no Salão de Frankfurt 2011, a nova geração i30, o primeiro modelo da marca coreana desenvolvido e desenhado na Europa, ganha uma nova frente e uma silhueta com uma linha de cintura mais musculada. O resultado é realmente fantástico e merece ser apreciado nas imagens que se seguem.


Até meados deste ano o Hyundai i30 acumulou vendas superiores às 350 mil unidades, 115 mil das quais só em 2010.
Foi o primeiro Hyundai a receber as cinco estrelas EuroNCAP.
Ver AQUI o resultado do ensaio feito ao Hyundai i30 1.6 CRDi.
Tal como a anterior geração, a próxima manterá a garantia “5 Anos Tripla Confiança”, que oferece cinco anos de garantia ilimitada, cinco anos de assistência em viagem gratuita e cinco anos de verificações anuais grátis.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira, 03.06.11

ENSAIO: Hyundai ix20 Blue 1.4 CRDi Style/90cv

O Hyundai ix20 é um dos melhores automóveis citadinos com ambições familiares actualmente disponíveis no mercado português. A sua forma compacta beneficia a facilidade de condução, mas as dimensões exteriores escondem uma habitabilidade surpreendente, reforçada pela modularidade do banco traseiro. Mas não só. A qualidade superior de construção e uma oferta suficientemente ampla de motores e equipamento, capazes de contentarem múltiplos interesses e vontades, permitem ao ix20, disponível a partir dos 15 mil euros na versão a gasolina e 18 500 com a motorização a gasóleo, contribuir para a consolidação da boa imagem de marca que a Hyundai já dispõe em Portugal e um pouco por toda a Europa.

Fabricado na República Checa e concebido a pensar no mercado europeu, o ix20 é um monovolume compacto que disponibiliza uma excelente habitabilidade, bons acessos, grande capacidade da mala e motores equilibrados para a categoria.
Obviamente que estas considerações sobre a habitabilidade estão relacionadas com as dimensões exteriores: apenas 4,1 metros de comprimento por cerca de 1,75 de largura. Esta última dimensão, a par da modularidade do banco traseiro, que corre sobre calhas, permitem ao pequeno ix20 ombrear em espaço com alguns familiares médios, proporcionando ainda uma mala que pode chegar aos 440 litros.
A bagageira contempla a possibilidade de fixar a chapeleira em mais do uma posição. Sob o piso, existe um pneu suplente de dimensões reduzidas.

Jovem e tecnológico


Em geral, a qualidade de construção é muito satisfatória. Não apenas os materiais aparentam solidez, como denota um grande cuidado nos acabamentos e na funcionalidade. Quer seja através da colocação dos comandos, acessíveis e intuitivos, como pela disponibilidade de pequenos espaços, em número suficiente, para os ocupantes da frente.
Existem as habituais ligações para entradas auxiliares de som e porta USB. Pode levar sistema de navegação e uma câmara traseira com visualização neste ecrã. Ou, como acontece noutros modelos do grupo, a visualização das imagens captadas por esta câmara são visíveis numa parte do espelho interior.
Atrás o espaço é francamente bom para a colocação das pernas. Mesmo 3 ocupantes, desde que não muito avantajados, poderão fazer a viagem com relativo conforto. Não apenas porque a largura é boa para a classe a que pertence o Hyundai ix20, mas efectivamente por obra da deslocação longitudinal do respectivo banco e do facto de não existir túnel central.



Conforto e condução

No capítulo da comodidade, apenas me desagradou a volumetria exagerada dos encostos de cabeça dianteiros. Isto condiciona uma melhor postura do condutor e acompanhante.

A jovialidade das linhas e do conceito, bem como a luminosidade do interior eram reforçadas, no modelo ensaiado, pela existência de um tejadilho duplo e panorâmico em vidro. Uma protecção retráctil em rede protege os ocupantes do sol.
Já em matéria de condução, o Hyundai ix20 proporciona, com esta versão diesel de 90 cv, um motor relativamente económico e com alguma capacidade de aceleração.
Há que dizer que não se trata de um carro leve. O ix20 pesa em vazio quase tonelada e meia e, apesar do trabalho aerodinâmico, o conjunto apresenta alguma altura. Por outro lado, a caixa de velocidades denota preocupações de economia, que se reflectiram num consumo médio, no final do ensaio, de 6,2 litros.
Não é mau mas também não espanta demasiado.

Motor momentaneamente “puxado”

É verdade que quando se anunciam 90 cv se espera poder puxar um pouco mais do que na variante, do mesmo motor, de apenas 75. Mas quando se olha para a própria tabela de características fornecida pelo construtor, descobre-se que os restantes valores são muito idênticos. É que o acréscimo de potência é pontual e momentâneo, acabando por não se reflectir por ai além sobre o seu desempenho.
Todas as versões, exceptuado a equipada com o motor a gasolina 1.6, são “Blue Drive”. Encontram-se portanto dotadas do sistema “stop & go”, pneus de baixo atrito e um conjunto de alterações com vista a reduzir consumos e emissões. Que conferem ao modelo uma postura ainda mais familiar, de acordo com a sua real vocação.
Vocação também denunciada pelo seu comportamento. Efectivamente, o ix20, é um carro agradável de conduzir, com uma excelente caixa de seis velocidades e bastante cómodo de manobrar. Possui agilidade, ligeireza de manobra e ainda proporciona muita visibilidade graças à ampla superfície lateral vidrada. Potenciada, quando é o caso, pela existência de sensores e da câmara traseira com imagens no retrovisor.
É um facto que adorna um pouco em curva, sensação acentuada pela colocação um pouco mais elevada dos bancos. Mas não oferece preocupações no que toca à estabilidade e, de um modo geral, a suspensão revela-se bastante competente. Quer no que concerne ao comportamento como quanto ao conforto que realmente proporciona aos ocupantes. Há apenas que contar com algum ruído do motor em determinados regimes.
Mais informações e impressões sobre este modelo ou sobre versões do Kia Venga, marca que também faz parte do grupo Hyundai, podem ser encontradas nos links abaixo.

* APRESENTAÇÃO: Hyundai ix20
* ENSAIO: Kia Venga 1.4 CRDi EcoDynamics
* ENSAIO: Kia Venga 1.4 CVVT/90 cv



Dados mais importantes
Preços da versão Style c/90 cv22 750 euros (*) 
Motor
1396 cc, 16 V, 90 cv às 4000rpm, 220 Nm das 1750 às 2750 rpm, turbo, intercooler com injecção common rail
Prestações
167 km/h, 14,5 seg. (0/100 km/h)
Consumos (médio/estrada/cidade)
4,3 / 4,2 / 4,7 litros
Emissões Poluentes (CO2)114 gr/km

(*) acrescem Despesas de preparação, averbamento, transporte, pintura metalizada e SGPU)


Mais modelos Hyundai recentemente ensaiados:

Autoria e outros dados (tags, etc)

Segunda-feira, 09.05.11

APRESENTAÇÃO: Hyundai i40

Modelo de topo da Hyundai na Europa e, por isso, embaixador da marca para os próximos anos, tal como o ix35, este i40 visa atrair novos clientes para os espaços de venda da Hyundai. Desenhado, concebido e especialmente destinado ao mercado europeu, está finalmente disponível em Portugal. O sucessor do mal-amado Sonata surge, numa primeira fase, apenas na versão carrinha, seguindo-se o sedan de quatro portas no início do próximo ano. Preços a partir de 24 mil euros.

TABELA DE PREÇOS





Elevado nível de conforto e uma grande capacidade de carga foram as premissas. O exterior destaca-se pela forma fluída e pelos elementos gráficos, o interior foca-se na integração escultural e optimiza, ergonomicamente, todas as funções.
Deve a identidade europeia ao facto de ter sido desenhado e concebido pelo departamento de pesquisa e desenvolvimento europeu da Hyundai, na Alemanha.
É marcada por linhas inspiradas pela natureza que criam um estilo exterior dinâmico. No Sedan, o traço é reforçado por uma linha de tejadilho baixa e alongada que lhe confere uma silhueta muito próxima de um coupé.


Habitáculo


O estilo desportivo não produz impacto negativo nos níveis de conforto interior, versatilidade e capacidade da bagageira. Cotas generosas (distância entre eixos de 2,77 m e largura de 1,815 m) possibilitam um interior espaçoso.
Reclama até as melhores dimensões interiores do segmento no que toca ao espaço para a cabeça (1025 mm), ombros (1455 mm) e pernas (1170 mm) à frente. Batendo concorrentes como o Ford Mondeo, Opel Insígnia, Renault Laguna e Toyota Avensis.
Interiormente completa-se com bancos traseiros reclináveis e uma capacidade de carga do i40 com cifras entre os 534 litros, com os bancos todos em uso, e os 1700 litros, com os bancos traseiros rebatidos e carga até ao tejadilho.
O banco traseiro possui a versátil repartição 60/40 e o piso de carga poderá estar equipado (dependendo da versão) com dois carris que podem receber barreiras de retenção de carga.


Motorizações


Está disponível uma gama de motorizações cumpridoras das normas Euro 5: dois diesel, 1.7 CRDi de 115 e 136 CV e dois a gasolina, 1.6L de 135 CV e 2.0L de 177 CV.
Estes blocos cobrem um leque de potências alargado com uma entrega de binário que se estende ao longo de uma vasta gama de rotações, fazendo do i40 um automóvel agradável de conduzir em cidade ou em auto-estrada. Caixas de velocidades manuais ou automática de 6 velocidades estão também disponíveis.
A Hyundai calcula que a versão do bloco 1,7 litros com 136 CV seja a mais indicada quer para clientes particulares e para frotas. O elevado binário deste motor - 325 Nm a partir das 2000 rpm - assegura uma reposta imediata, cumprindo os típicos 0 aos 100 km/h em apenas 10,6 segundos com a caixa manual.
A versão de “baixa potência” com 115 CV permite, mesmo assim, cumprir essa aceleração em 12,9 segundos.
Quanto ao motor 1.6 litros a gasolina da gama, debita 135 CV e acelera a wagon até aos 100 km/h em 11,6 segundos.
O novo sistema de assistência hidráulica da direcção, sensível à velocidade, oferece um diâmetro de viragem de 10,94 metros. Pensado para oferecer uma boa sensação ao volante e controlo preciso, o sistema oferece substancial sensibilidade durante os períodos de condução suburbana e baixo peso nas manobras de estacionamento.


DADOS TÉCNICOS COMPLETOS




Credenciais ecológicas


No mercado surge ainda uma outra variante, económica em todos os sentidos: o bloco 1.7 litros diesel, com 115 cv, recebe uma versão "BlueDrive" com sistema " Stop & Start” (ISG). Solução já utilizada no ix35, capaz de emissões de apenas 113 g/km de CO2, das mais baixas do segmento, e um consumo médio de somente 4,3 litros.
O sistema ISG completa-se com pneus de baixa resistência ao rolamento, um sistema de gestão avançada do alternador (AMS) e ainda um dispositivo activo de fecho da grelha dianteira para reduzir o arrasto.
Este “pacote” Blue Drive pode ser associado a outras motorizações. As emissões de CO2, nos restantes modelos, são de 119 g/km para o motor diesel mais potente e de 140 g/km no 1.6 a gasolina.
O i40 estreia também um novo motor a gasolina de quatro cilindros e 2 litros GDI, denominado “Nu”. O elevado binário oferece um maior prazer de condução, melhor economia de combustível e emissões igualmente reduzidas. Integrando o sistema GDI (injecção directa de combustível), este bloco com 1999 cc. debita 177 CV e disponibiliza 213 Nm de binário. Assegura ao i40, com caixa manual de 6 velocidades, um consumo combinado de 6,8 l e emissões de apenas 159 g/km de CO2.


Equipamento


Dependendo da versão do i40, o equipamento poderá incluir o sistema inteligente de assistência ao estacionamento ou o alerta para a transposição inadvertida da faixa de rodagem. Bem como itens de conectividade como o Bluetooth® com reconhecimento de voz, sistema de navegação com mapas completos e câmara de auxílio às manobras de marcha-atrás.
Pode ser ainda equipado com um travão de mão eléctrico, bancos dianteiros com ventilação, bancos dianteiros e traseiros aquecidos ou, em estreia neste segmento, um sistema de auto-desembaciamento do pára-brisas.
Inéditos são ainda o volante com aquecimento e os bancos traseiros reclináveis, com escolha entre 26 ou 31 graus de inclinação para as costas.
Existem luzes diurnas com opção por lâmpadas de xénon. Os faróis de Xénon contam com lava-faróis e uma nova iluminação em curva estática oferece iluminação adicional da berma quando em curva.
Dependendo da versão, pode igualmente dispor de airbag para os joelhos do condutor, encostos de cabeça activos à frente, ESC, HAC (assistente de arranque em declive), ar condicionado manual, ar condicionado automático, fecho central das portas mãos livres, computador de bordo, patilhas da caixa de velocidades automática (quando aplicável) no volante, pneus de baixa resistência ao atrito e caixa de seis velocidades.


Equipamento de segurança e assistência à condução


No equipamento de segurança oferecido de série em vários países incluem o ESC (Controlo Electrónico de Estabilidade), ABS (Anti bloqueio dos travões), HAC (Ajuda ao arranque em declive), VSM (Gestão da estabilidade do veículo), assistência à travagem e sinalização de travagem de urgência.
Variado equipamento de segurança “activa” foi acrescentado. Como parte do ESC e de série na Europa Ocidental, o VSM ajuda a manter o veículo numa trajectória estável, ao reduzir a assistência se o condutor estiver a aplicar demasiada força para virar, ou aumentando a assistência se o condutor estiver a aplicar pouca força.
O ESS, sinalização de travagem de urgência, é um sistema que permite aos condutores, que seguem atrás, serem advertidos sempre que existe uma paragem abrupta. Isso é feito por meio das luzes de mudança de direcção, que piscam em conjunto, mal os sensores do sistema se apercebam de uma pressão demasiado forte sobre os travões.
O sistema de aviso de transposição involuntária de faixa automaticamente corrige o volante e a trajectória quando o veículo passa inadvertidamente para a outra faixa.
Para ajudar os condutores durante as manobras de estacionamento. ou de marcha-atrás, existe (dependendo da versão) uma câmara de retrovisora equipada com uma lente grande angular que transmite imagens para o ecrã do sistema de navegação.
O i40 também pode ser equipado com o estacionamento activo. O condutor dirige o carro até aos locais de estacionamento e é avisado quando os sensores detectam o espaço perfeito para entrar e sair do local de estacionamento. Permite medir o espaço entre dois carros parados em fila única, apenas se o espaço que resta for 10 cm superior ao comprimento do i40.
Em termos de segurança passiva cada i40 está equipado com sete airbags – dianteiros, laterais, cortina e para o joelho do condutor, estando este disponível em toda a gama de série. Dependendo do nível do equipamento algumas versões podem ser equipadas com dois airbags laterais traseiros elevando o número total para 9 airbags.


Tejadilho e outros elementos de conforto


Se disponível, o tecto de abrir panorâmico é em vidro e constituído por três peças. O primeiro terço levanta, a secção central desliza e o último terço é fixo. No interior, uma cortina com abertura e fecho eléctrico bloqueia os efeitos do sol quando necessário e, no exterior, os pilares B e C possuem um acabamento em preto brilhante para complementar o acabamento em negro de todo o tejadilho.
O Sistema Integrado de Memória (IMS) grava as definições da regulação do banco de dois condutores e oferece uma função de “easy access” que levanta o volante e baixa o banco enquanto o recua, sempre que o carro estiver parado.
Para ajudar os proprietários a lidarem com climas extremos de calor ou frio, algumas soluções especiais são oferecidas dependendo da versão e do nível de equipamento. Bancos aquecidos que contam com uma revolucionária tecnologia amiga do ambiente (um polímero com agentes anti-bactérias com nano partículas de prata) para libertarem raios infravermelhos exotérmicos. Os bancos ventilados levam o ar da cabina para a almofada e as costas do banco, diminuindo assim a temperatura cerca de 3 graus em 3 minutos, baixando a humidade cerca de 30% em 20 minutos.
Em alguns mercados, incluindo o português, nos modelos de topo de gama o volante do i40 estará disponível com aquecimento (até 38 graus) para aumentar o conforto do condutor em condições extremas de frio.


Garantia e 5 estrelas


Com uma das melhores classificações de sempre nos testes europeus de segurança EuroNCAP, o Hyundai i40 oferece ainda uma garantia suplementar aos proprietários: a garantia “5 Anos Tripla Confiança”, um programa que compreende uma garantia ilimitada de cinco anos, cinco anos de assistência em viagem e cinco anos de verificações periódicas anuais ao veículo.


(Texto elaborado com base em documento divulgado pelo departamento de comunicação da marca)

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pesquisar neste site

Pesquisar no Blog  

Procura carro novo, usado ou acessórios?



"Portal do Automóvel" é um meio de comunicação dirigido ao grande público, que tem como actividade principal a realização de ensaios a veículos de diferentes marcas e a divulgação de notícias sobre novos modelos ou versões. Continuamente actualizado e sem rigidez periódica, aborda temática relacionada com o automóvel ou com as novas tecnologias, numa linguagem simples, informativa e incutida de espírito de rigor e isenção.
"Portal do Automóvel" é fonte noticiosa para variadas publicações em papel ou em formato digital. Contudo, a utilização, total ou parcial, dos textos e das imagens que aqui se encontram está condicionada a autorização escrita e todos os direitos do seu uso estão reservados ao editor de "Cockpit Automóvel, conteúdos auto". A formalização do pedido de cedência de conteúdo deve ser efectuado através do email cockpit@cockpitautomovel.com ou através do formulário existente na página de contactos. Salvo casos devidamente autorizados, é sempre obrigatória a indicação da autoria e fonte das notícias com a assinatura "Rogério Lopes/cockpitautomovel.com". (VER +)