Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTAL DO AUTOMÓVEL




Quarta-feira, 01.06.11

APRESENTAÇÃO: Renault Mégane Coupé-Cabriolet GT

Um coupé-cabriolet permite o prazer de uma condução com os “cabelos ao vento”, mas igualmente desfrutar de uma condução genuinamente desportiva, independentemente do tecto de vidro retráctil (o maior do segmento) estar ou não recolhido. Esta versão, desenvolvida pela Renault Sport Technologies, está equipada com o motor 2.0 dCi 160 e o chassis herda elementos do Mégane Renault Sport. Aliás, os traços do Mégane R.S. são visíveis em vários pormenores, dentro e fora do habitáculo.
O Renault Mégane Coupé-Cabriolet GT já está disponível em Portugal por encomenda e custa 43 500 euros.

Se há cerca de um ano foi comercializada a versão mais acessível do Mégane Coupé-Cabriolet, equipada com o motor 1.5 dCi, é chegada a hora de uma proposta com um carácter mais exclusivo e desportivo. Afinal, o Mégane Coupé-Cabriolet GT é equipado com o motor 2.0 dCi de 160 cavalos, que permite fazer dos 0 aos 100 km/h em pouco mais de nove segundos e atingir uma velocidade máxima superior aos 215 km/h.
Distinguindo-se pelos elementos desportivos, na dianteira encontramos um pára-choques específico desta versão, com a entrada de ar redesenhada e sublinhada pela travessa em preto brilhante, onde é colocada a placa de matrícula. Nos extremos deste, os faróis de nevoeiro são envolvidos por um acabamento em “Dark metal”. O contorno do pára-brisas e a linha de cintura do habitáculo recebem também o acabamento específico Dark Metal.
Na traseira, a parte inferior do pára-choques, na cor da carroçaria, integra um difusor aerodinâmico com sistema de ajuda ao estacionamento embutido.
De forma a sublinhar o carácter desportivo, recebe o chassis Sport, rebaixado 12 mm, para além de um conjunto específico de suspensão e jantes de 18 polegadas.



Assinaturas GT


No interior, o carácter desportivo é acentuado pelos elementos igualmente herdados do Mégane RS: bancos dianteiros com apoio reforçado no assento e nas costas, pedais em alumínio e painel de bordo com conta-rotações analógico.
A exclusividade é ainda reforçada com o tratamento “Dark metal” das pegas, climatizadores e através de elementos decorativos no painel de bordo. Tal como no exterior, onde é identificado como membro da família Renault Sport através da siglas na dianteira e na traseira, o interior possui a assinatura GT no painel de bordo e nos apoios de cabeça dianteiros. O volante em couro é também exactamente o mesmo que foi desenvolvido para o Mégane Renault Sport.



Carácter desportivo mas económico


O motor dCi 160 permite uma condução desportiva com consumos e emissões de CO2 controlados.
Desenvolvido com base no conhecido bloco 2.0 l turbo-diesel, oferece um binário máximo de 380 Nm a partir das 2000 rpm e é um motor com uma subida rápida do regime até às 5000 rpm. Além do elevado binário e da potência, este bloco proporciona um bom nível de conforto, devido ao reduzido impacto das vibrações que são eliminadas pela presença de duas árvores de equilibragem. No Mégane Coupé-Cabriolet GT, o motor dCi 160 está associado a uma caixa manual de 6 velocidades.
A arquitectura e as ligações ao solo do Mégane GT são similares às da restante família Mégane, com um eixo dianteiro do tipo pseudo McPherson e um eixo traseiro de deformação programada. No entanto, o Mégane GT beneficia de uma definição específica elaborada pela Renault Sport Technologies, com vista a proporcionar sensações de condução desportiva. Existem molas específicas na dianteira e na traseira, amortecedores específicos com taragem similar à do Mégane R.S., tal como o estribo traseiro, de modo a atingir-se o melhor equilíbrio das prestações dinâmicas. Jantes de 18 polegadas garantem-lhe a melhor aderência e a passagem mais eficaz da potência e do binário às rodas, sendo também, estes os mesmos pneumáticos de elevada performance que equipam o Mégane R.S.
A direcção assistida eléctrica do Mégane GT é idêntica à da restante família Mégane, mas possui uma diferente calibragem, de modo a adaptá-la aos pneumáticos e às regulações específicas do chassis. É no fundo mais reactiva, estando de acordo com as exigências associadas a uma condução desportiva.
O Mégane Coupé-Cabriolet GT dispõe ainda de um dispositivo de travagem adaptado ao seu carácter desportivo, com discos ventilados de 296 mm à frente e discos de 260 mm atrás. A assistência à travagem é mais progressiva, com a adopção do mesmo êmbolo existente no Mégane Renault Sport.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar neste site

Pesquisar no Blog  

Procura carro novo, usado ou acessórios?



"Portal do Automóvel" é um meio de comunicação dirigido ao grande público, que tem como actividade principal a realização de ensaios a veículos de diferentes marcas e a divulgação de notícias sobre novos modelos ou versões. Continuamente actualizado e sem rigidez periódica, aborda temática relacionada com o automóvel ou com as novas tecnologias, numa linguagem simples, informativa e incutida de espírito de rigor e isenção.
"Portal do Automóvel" é fonte noticiosa para variadas publicações em papel ou em formato digital. Contudo, a utilização, total ou parcial, dos textos e das imagens que aqui se encontram está condicionada a autorização escrita e todos os direitos do seu uso estão reservados ao editor de "Cockpit Automóvel, conteúdos auto". A formalização do pedido de cedência de conteúdo deve ser efectuado através do email cockpit@cockpitautomovel.com ou através do formulário existente na página de contactos. Salvo casos devidamente autorizados, é sempre obrigatória a indicação da autoria e fonte das notícias com a assinatura "Rogério Lopes/cockpitautomovel.com". (VER +)