Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTAL DO AUTOMÓVEL




Segunda-feira, 13.02.12

APRESENTAÇÃO: Novo Renault Mégane (MY2012)

O mês de Abril assinala em Portugal o início de uma pequena revolução na família Mégane. Com excepção da versão Cabriolet, o que melhor distingue visualmente o novo do anterior é a modernizada face dianteira dotada de luzes diurnas em LED. A família reavivou-se também em matéria mecânica. Aqui surge a maior e mais importante novidade: 3 novos motores, sendo dois diesel com 110 e 130 cv, mas igualmente a estreia do motor a gasolina 1.2 Energy TCe de 115 cv. O mais potente do mercado na sua cilindrada. Há ainda novos equipamentos de conforto e de segurança (estreados no igualmente renovado Scénic – ver AQUI), entre os quais os sistemas Visio System® e a ajuda ao arranque em subida. Preços a partir de 22.350 euros (ver no final do texto a lista completa de preços).

O novo Mégane possui um estilo mais moderno com os novos faróis diurnos de ledes e um pára-choques dianteiro com elementos em preto lacado e cromados.
As versões GT e GT-Line assumem um carácter ainda mais desportivo com uma “assinatura Led" específica em forma de boomerang. No interior há ainda novos bancos, novo volante e os painéis de portas e o painel de bordo recebem o dístico “Renault Sport”.

Nova “Energia” sob o capô

O Mégane de 2012 será o primeiro modelo da Renault a dispor das três novas motorizações da família "Energy".
Estes novos motores possuem um conteúdo tecnológico inédito e estão todos equipados com sistema Stop & Start e recuperação da energia na desaceleração/travagem.
A maior novidade é a dotação de um pequeno – porém potente - motor a gasolina: o “TCe 115” é o primeiro “gasolina” compacto da Renault com injecção directa e sobrealimentado. Destinado a substituir o motor 1.6 16v, este novo bloco de 1198 cm3 regista uma potência de 115 cv e apresenta um binário máximo de 190 Nm. O Renault Energy TCe 115 diferencia-se igualmente pelo consumo recorde de 5.3 l/100km em ciclo NEDC e por emissões de apenas 119 g/km.
A autonomia de cerca de 1 000 km aproxima-o das obtidas com motorizações diesel.
A renovada gama Mégane passará ainda a dispor do diesel “Energy dCi 110”. O bloco 1.5 dCi reduz as emissões para 95 g e passa a ter um consumo de 3,8 l/100 km em ciclo misto. As performances mantêm-se inalteradas graças ao incremento do binário, que sobe para 260 Nm (20 Nm adicionais) disponível desde as 1750 rpm.
Um novo motor 1.6 l diesel, “Energy dCi 130” reivindica 130 cv e 320 Nm de binário. É o mais potente do mercado nesta cilindrada, assegurando um consumo médio de 4.0 l por cada 100 km em ciclo misto e emissões de CO2 de apenas 104 g/km.


Características do motor Energy TCe 115

É o primeiro motor a gasolina da Renault, com injecção directa sobrealimentada. Este bloco em alumínio de 1197 cm3, apresenta uma potência de 115 cv e um binário máximo de 190 Nm, comparável ao de um 2 litros. Com um binário disponível, em 90%, a partir das 1500 rpm e, totalmente, entre as 2000 e 4000 rpm, este motor distingue-se pela suavidade e recuperações a baixos regimes dignas de um diesel.
Sendo o motor 1.2 gasolina mais potente do mercado, brilha igualmente, pela sobriedade nos consumos; não consome mais do que 5,3l/100 km em ciclo NEDC, enquanto as emissões de CO2 estão limitadas a 119g/ km.
Com estes reduzidos consumos e emissões de CO2, o custo de utilização diminui de forma significativa. A presença de uma corrente de distribuição, sem manutenção, contribui, também, para a diminuição do custo de utilização.
A injecção directa a gasolina turbo, associada a uma sobrealimentação por turbo-colector integrado e distribuição variável, permite atingir o binário máximo desde os baixos regimes e numa ampla faixa de utilização. A injecção tem lugar directamente na câmara de combustão e optimiza o rendimento do motor com uma melhor combustão, que beneficia os consumos de combustível e as emissões de CO2.
O sistema Stop&Start permite o arranque rápido ao detectar a posição exacta dos pistões e injectar o carburante no cilindro mais favorável para o arranque instantâneo do motor.
A energia "gratuita" armazenada, graças ao sistema de recuperação de energia na travagem, é utilizada para recarregar a bateria e assegurar os arranques.

Nova tecnologia Visio System®

Tal como os Novos Renault Scénic e Grand Scénic, o Novo Mégane adopta o Visio System®. Este sistema é constituído por uma câmara colocada no pára-brisas, por detrás do retrovisor, melhorando a visibilidade nocturna e ajudando o condutor a manter a concentração. A comutação automática os faróis adapta a intensidade da iluminação e maximiza a visibilidade sem causar incómodo para os outros utilizadores da estrada.
Com o Visio System® a área à frente do automóvel é sistematicamente “varrida” pela câmara que acciona automaticamente os máximos a partir dos 45km/h no caso de a luminosidade exterior ser fraca e se não for detectado nenhum veículo em sentido inverso ou à frente. Quando acontece o cruzamento com outro veículo, o Visio System® adapta automaticamente a intensidade da iluminação (passagem de máximos a médios), libertando assim o condutor desta necessidade.

Evitar distracções e o adormecimento

Um alerta de saída involuntária da faixa de rodagem serve para avisar o condutor em caso de distracção ou até mesmo de adormecimento ao volante, diminuindo, dessa forma, a possibilidade de acidente. Sempre que a linha divisória das faixas é atravessada sem que os “piscas” tenham sido activados, o condutor é alertado por um testemunho no painel de bordo acompanhado de um sinal sonoro.

Conforto e facilidade de condução

Para além das questões ligadas à segurança, a Renault não esqueceu o conforto, introduzindo um dispositivo de ajuda ao arranque em subida. Associado ao travão de parqueamento automático, este sistema mantém a pressão sobre os travões durante alguns segundos; o tempo necessário para o condutor embraiar o automóvel, sem que este recue.
O sistema de ajuda ao estacionamento é enriquecido com uma câmara traseira que permite visualizar com precisão o local onde se encontra e a trajectória do automóvel de forma a ajustar a manobra. Finalmente, o ar condicionado automático de dupla zona está equipado com um captor de toxicidade. Este controla a qualidade do ar a bordo e desencadeia automaticamente a sua reciclagem.
Em 2011 o Renault Mégane foi o modelo mais vendido em Portugal. A renovada versão que será comercializada a partir de Abril pretende repetir a façanha.



Procura automóvel novo, usado ou acessórios? Quer saber mais sobre este ou sobre outro veículo?

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar neste site

Pesquisar no Blog  

Procura carro novo, usado ou acessórios?



"Portal do Automóvel" é um meio de comunicação dirigido ao grande público, que tem como actividade principal a realização de ensaios a veículos de diferentes marcas e a divulgação de notícias sobre novos modelos ou versões. Continuamente actualizado e sem rigidez periódica, aborda temática relacionada com o automóvel ou com as novas tecnologias, numa linguagem simples, informativa e incutida de espírito de rigor e isenção.
"Portal do Automóvel" é fonte noticiosa para variadas publicações em papel ou em formato digital. Contudo, a utilização, total ou parcial, dos textos e das imagens que aqui se encontram está condicionada a autorização escrita e todos os direitos do seu uso estão reservados ao editor de "Cockpit Automóvel, conteúdos auto". A formalização do pedido de cedência de conteúdo deve ser efectuado através do email cockpit@cockpitautomovel.com ou através do formulário existente na página de contactos. Salvo casos devidamente autorizados, é sempre obrigatória a indicação da autoria e fonte das notícias com a assinatura "Rogério Lopes/cockpitautomovel.com". (VER +)