Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

PORTAL DO AUTOMÓVEL




Quinta-feira, 07.09.06

Nissan Note 1.4

Giro e versátil

HÁ UMAS POUCAS de décadas, com o aparecimento do Renault Espace, a palavra «monovolume» passou a designar modelos automóveis de grande porte e motor, com clara vocação para o lazer, longas viagens e muita versatilidade interior para os seus ocupantes. Esta expressão, que se deve mais ao conceito de construção da carroçaria, acabou por se generalizar ao volume e forma dos veículos, geralmente mais altos e compactos em termos de comprimento.

COUBE À RENAULT, de novo, estender a ideia de monovolume a outros segmentos, lançando a Scénic, com outros construtores a apresentarem modelos ainda mais compactos. E se refiro tanto a marca francesa, é porque um dos membros mais recentes da sua gama é o Modus, a partir do qual este Note foi concebido, numa política de aproveitamento de sinergias entre as marcas. Mas dele difere sobretudo por uma maior distância entre eixos que, naturalmente, acaba por lhe proporcionar uma melhor habitabilidade.

E COMECEMOS a análise ao modelo exactamente por aí, pelo aspecto da habitabilidade. Com uma volumetria exterior não muito maior do que a de um utilitário, o Note oferece um espaço interior, principalmente para os ocupantes posteriores, ao nível do de um modelo familiar. Claro que isto é obtido em grande medida graças à possibilidade deste banco poder correr longitudinalmente sobre calhas, fazendo, com isso, oscilar a capacidade da mala entre os 280 e os 437 litros.
Se o espaço favorece o conforto, o equilíbrio patenteado pela suspensão não o contraria. Ainda que se pressinta uma maior firmeza das molas, exigida pela altura da carroçaria e essencial para a necessária estabilidade em curva, a boa compleição dos bancos atenua grande parte das irregularidades do piso.

VOLTEMOS ao seu interior, para referir que, embora profusamente revestido com plásticos rijos, a qualidade e o rigor de construção são bem patentes, até pela ausência de ruídos indesejáveis. Foi também tido um cuidado especial com a insonorização e, como não podia deixar de ser neste género de modelo, abundam os pequenos espaços por todo o habitáculo, não esquecendo as prateleiras rebatíveis que servem os bancos traseiros.
Outro pormenor curioso, mas muito funcional, é o porta-luvas; à partida até parece que não existe, substituído por uma pequena bolsa exterior descoberta, mas um pequeno fecho faz descobrir um amplo espaço refrigerado.
Também a funcionalidade dos comandos merece destaque, o mesmo não se aplicando à posição de condução, pois a elevação do respectivo assento, coloca-o numa posição algo inconfortável. Mas mesmo na posição mais baixa, são existem grandes óbices à visibilidade.

OS CERCA de 4,1 metros de comprimento conferem-lhe uma habitabilidade de excepção, permitem-lhe igualmente uma maneabilidade urbana muito boa, desembaraçando-se com bastante à vontade graças à desenvoltura do motor. Uma agilidade que advém do seu bom binário e de um correcto escalonamento da caixa, que, infelizmente, também se paga em consumos no tráfego citadino. A suspensão rija enfrenta com segurança e sem receio os trajectos mais sinuosos, permitindo-lhe também patentear uma excelente estabilidade tanto em velocidades elevadas, como quando sofre a acção de ventos laterais. E, porque o Note tem nas suas competências dinâmicas um trunfo muito importante, quase fazendo esquecer a sua vocação familiar, o prazer da sua condução aliado a uma versatilidade e oferta de espaço interior, fazem deste pequeno monovolume um caso à parte entre os seus pares. Ainda por cima até é bastante giro!

— 0 —
PREÇO, desde 15 900 euros MOTOR, 1386 cc, 88 cv às 5200 rpm , 16 V., 128 Nm às 3200 rpm PRESTAÇÕES, 165 km/h CONSUMOS, 7,9/5,3/6,3 l (cidade/estrada/misto) EMISSÕES CO2, 150 g/km
— 0 —


PORTUGAL recebe os motores 1.4 e 1.6/110 Cv, a gasolina e as apetecidas versões diesel 1.5 DCi com potências de 68 e 86 cv.
Em matéria de equipamento, existem três níveis consoante os motores: Visia, Acenta e Tekna. O mais básico inclui apenas ABS com assistência a travagens de emergências, duplo airbag frontal, rádio/CD, banco traseiro deslizante e rebatível, direcção assistida eléctrica e progressiva, vidros eléctricos dianteiros, fecho centralizado com telecomando, sistema «Follow me home»

Resultado do modelo nos testes de segurança EuroNcap:
http://www.euroncap.com/images/results/superminis/car_257_2006/Nissan%20Note%20Datasheet.pdf

Autoria e outros dados (tags, etc)



Pesquisar neste site

Pesquisar no Blog  

Procura carro novo, usado ou acessórios?



"Portal do Automóvel" é um meio de comunicação dirigido ao grande público, que tem como actividade principal a realização de ensaios a veículos de diferentes marcas e a divulgação de notícias sobre novos modelos ou versões. Continuamente actualizado e sem rigidez periódica, aborda temática relacionada com o automóvel ou com as novas tecnologias, numa linguagem simples, informativa e incutida de espírito de rigor e isenção.
"Portal do Automóvel" é fonte noticiosa para variadas publicações em papel ou em formato digital. Contudo, a utilização, total ou parcial, dos textos e das imagens que aqui se encontram está condicionada a autorização escrita e todos os direitos do seu uso estão reservados ao editor de "Cockpit Automóvel, conteúdos auto". A formalização do pedido de cedência de conteúdo deve ser efectuado através do email cockpit@cockpitautomovel.com ou através do formulário existente na página de contactos. Salvo casos devidamente autorizados, é sempre obrigatória a indicação da autoria e fonte das notícias com a assinatura "Rogério Lopes/cockpitautomovel.com". (VER +)